Blog

Digitalização dos recursos humanos

Internacionalmente o setor dos Recursos Humanos caminha para uma transformação digital. A informação vem de vários estudos feitos até à data, os dados estão à vista: a digitalização dos recursos humanos é iminente. E o que significa isto?


Processos normalmente feitos por uma equipa de RH, num escritório, de forma presencial passam a ser geridos de forma digital, quer a nível interno (entre funcionários) como a nível externo (com clientes) com recurso à tecnologia e novos softwares. Segundo a revista IT Insight, Portugal está “abaixo da média europeia” no que toca à digitalização dos recursos humanos. “A maioria das empresas já recorre a softwares especializados para a gestão de RH”. No entanto, Portugal está nesse caminho e as empresas estão em adaptação.


Mas será que os trabalhadores ficariam satisfeitos com uma maior aposta no digital? Num estudo feito pela Remote Portugal, 85% dos mais de 200 inquiridos está satisfeito com o trabalho remoto. 49% das respostas indicam que o trabalho remoto ocupa, em média, as 8 horas por dia de trabalho, enquanto 35% indica ocupar mais do que isso, sendo o período da manhã preferencial para um melhor desempenho (61%).


“Outros fatores apontados pelos inquiridos relacionam-se com uma melhor gestão de horários, um «Acompanhamento digital para maior proximidade e comunicação», indicado por um Técnico Especializado do setor das TIC, e mais “Clareza e objetividade na transmissão de informação por parte das chefias», apontado por um Administrativo do setor social.”


Apesar da diminuição do contacto entre trabalhadores, 73% dos inquiridos referiu que a frequência de reuniões de video-chamada aumentou, no entanto, a sua eficácia gera opiniões distintas com 42% a considerar que as reuniões não são produtivas e 37% a discordar.


O trabalho remoto foi o primeiro passo para um futuro empresarial mais digital e flexível e, de forma geral, a adaptação ao digital é vista de forma positiva pelos trabalhadores como mostram os dados. Sendo os Recursos Humanos um departamento com elevado número de documentos e informações, a sua digitalização pode levar a uma economia de tempo, mão de obra e armazenamento físico. 


Outras vantagens desta digitalização é a possibilidade da informação ser processada e gerenciada de uma forma muito mais rápida, com elevada precisão, contribuindo para uma tomada de decisão mais segura. Desta forma todo o trabalho desenvolvido torna-se muito mais eficiente. 


Uma das dificuldades que pode passar pelas empresas na digitalização dos recursos humanos é a escolha do software adequado. Cabe à empresa definir rigorosamente os seus objetivos para escolher o software a adquirir, principalmente em empresas multinacionais ou com trabalhadores de diferentes países. A sua prioridade deverá ser a escolha do software que possa ser indicado para o regulamento legal dos vários países. 


No artigo anterior, já apresentámos algumas soluções DIMEP capazes de facilitar o dia a dia da empresa e que contribuem para a digitalização dos recursos humanos como é o caso do ponto digital, o sistema KAIROS, ou o armazenamento na “cloud”. 


Todas estas soluções permitem otimizar o gerenciamento da empresa e dar um tratamento adequado aos dados que fazem parte dela. Quando há necessidade de calcular horas de trabalho, faltas, atrasos, horas extra e enviar para a folha de pagamento, a equipa de RH quase entra em combustão. Com softwares integrados de gestão todo este processo se simplifica. 


No caso da marcação de ponto, se esta for eletrónica, está associada a um sistema complementar para tratar as informações reunidas, que acaba por não ser feito em tempo real e traz prejuízos para a empresa.


Com o software de marcação de ponto à distância, todas as informações são enviadas em tempo real para o sistema de gestão e tratamento de ponto, ficando armazenadas online e disponíveis para que os gestores possam fazer os devidos ajustes.


As vantagens da marcação de ponto à distância são que funcionam online e isso permite que tanto os gestores quanto o setor de recursos humanos possam monitorar as informações durante todo o mês, melhorando a produtividade e reduzindo custos de manutenção do relógio de ponto.


A DIMEP tem acompanhado a evolução do setor RH ao longo de várias décadas e as nossas soluções têm-se adaptado às constantes necessidades das empresas. Para conhecer os produtos mais adequados para o seu negócio pode visitar o nosso site e entrar em contacto: https://www.dimep.pt/ 


.