Ultimas Novidades

Impacto da Mudança de Hora na Produtividade

Sente alterações ao nível da sua energia e ritmos do sono? Se sim, saiba que pode muito bem ser da mudança da hora para o horário de inverno. A mudança de horário é um tema que tem sido debatido ao longo dos anos, e desperta interesse em relação aos seus efeitos na saúde e na produtividade.

A Mudança da Hora e a Saúde


A mudança da hora, seja para o horário de verão ou de inverno, tem sido objeto de estudos e discussões no que diz respeito aos seus impactos na saúde. Os especialistas têm divergido sobre o grau de influência direta, mas alguns efeitos são observados.

No caso de adiantar o relógio em março, o especialista em sono Miguel Ceira e Cruz refere que quando entramos no horário de verão, estudos experimentais apontam para impactos na função cardiovascular e metabólica. 


Parece haver um aumento no número de eventos cardiovasculares e descompensações metabólicas nas semanas seguintes a essa mudança. Por outro lado, Miguel Ceira e Cruz diz que quando atrasamos os relógios, como acontece no horário de inverno, as alterações observadas estão relacionadas a funções cognitivas e emocionais, que podem ser afetadas pelo aumento da escuridão.


O nosso relógio biológico, localizado no hipotálamo, é responsável por sincronizar diversas funções do nosso corpo. Quando alteramos a hora, perturbamos esses ritmos biológicos, afetando a nossa adaptação e bem-estar. A rapidez da mudança também desempenha um papel importante, pois exigir que nos adaptemos a curto prazo pode ser desafiante para muitas pessoas.



Como Minimizar os Efeitos da Mudança da Hora


Para minimizar os efeitos da mudança da hora na nossa saúde e, por consequência, na nossa produtividade, podemos adotar algumas medidas:


1. Mantenha as rotinas de sono: Tente manter os horários habituais de ir para a cama e acordar, mesmo durante a mudança da hora. Isso pode ajudar na adaptação.

2. Ajuste gradual: Se tiver dificuldade na adaptação, pode experimentar um ajuste gradual, como deitar-se 30 minutos mais tarde por alguns dias antes da mudança.

3. Evite sestas: Evite sestas durante a tarde, especialmente após a mudança horária.

4. Exposição à luz natural: A exposição à luz natural de manhã pode ajudar a regular o ritmo de sono-vigília.

5. Evite dispositivos eletrónicos à noite: A luz dos dispositivos eletrónicos pode afetar o sono, por isso, evite o uso antes de dormir.

Manter a Produtividade no Trabalho

Se a perda de produtividade é causa de preocupação, é importante considerar como a mudança da hora pode afetar os funcionários. Aqui estão algumas dicas para ajudar a manter a produtividade durante essa transição:

  • Comunique com Antecedência: Informe a sua equipa sobre a chegada da mudança da hora e os possíveis efeitos. Explique a importância de manterem rotinas de sono regulares.

  • Flexibilidade de Horários: Se possível, permita que os funcionários ajustem os seus horários durante a transição, chegando um pouco mais tarde ou saindo mais cedo se necessário.

  • Ambiente de Trabalho Adequado: Garanta que o local de trabalho está bem iluminado, especialmente durante os meses de inverno, para compensar a redução da luz natural.

  • Promova a Saúde: Incentive hábitos saudáveis, como a prática de exercício físico e uma dieta equilibrada, que podem ajudar a minimizar os efeitos da mudança da hora.

  • Ofereça Recursos: Disponibilize informações sobre como melhorar o sono e lidar com os efeitos da mudança de hora. Pode, inclusivamente, nomear estudos relevantes para reforçar as suas recomendações.


A mudança da hora pode afetar a produtividade, mas com um planeamento cuidadoso e apoio adequado, é possível minimizar os impactos negativos e manter a sua equipa no caminho do sucesso.


Lembre-se, a gestão eficaz do tempo e da produtividade é fundamental para garantir que a sua equipa continua a funcionar com eficiência, independentemente das mudanças de hora. Siga a DIMEP para mais dicas sobre produtividade. 

.